Lençóis Noticias

 
  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
E-mail Imprimir PDF

Chuchu

O chuchu (Sechium edule) é uma hortaliça fruto ou seja, um vegetal da categoria dos frutos; também é conhecido como machucho ou caiota (Açores).

Apesar de ser uma hortaliça ou seja, poder ser cultivada na horta caseira, é considerada um fruto, tal como o tomate (devido ao fato de suas sementes estarem dentro, envolvidas pela parte comestível). Sua origem é atribuída à América Central em países como Costa Rica e Panamá.

Segundos alguns historiadores essa hortaliça fruto já era cultivada no Caribe à época do descobrimento da América.Trepadeira herbácea, da família das cucurbitáceas.

Era bem conhecida na antigüidade pelos Astecas e tinha grande destaque entre as demais hortaliças cultivadas na época, devido ao seu sabor característico e bastante suave para ser consumido durante o ano todo. De fácil digestão, rica em fibras e pobre em calorias, bom para um regime alimentar.

Na Madeira é conhecida por pepinela ou pimpinela e faz parte da gastronomia local, sendo normalmente cozida com feijão com casca, batatas e maçarocas de milho para acompanhar pratos de peixe, normalmente caldeiradas.

Destaca-se por ser uma fonte de potássio e fornecer vitaminas A e C. O chuchu é uma Cucurbitácea, tal como o pepino, as abóboras, o melão e a melancia.

Possui uma grande gama de frutos quanto à forma, tamanho e cor. Estes podem ser arredondados ou terem a forma de pêra, mais comumente encontrada nas feiras e quitandas.

A casca pode ser lisa ou com espinhos, conforme a espécie, sua cor varia do branco ao verde bem escuro. No mercado há preferência pelos frutos de casca verde-clara, sem espinhos, com tamanho de 12 a 18 cm de comprimento (fruto graúdo) e 7 a 10 cm (fruto miúdo). Os frutos quando passados apresentam a casca sem brilho e amarelada e com a ponta mais larga começando a se abrir. Por ser um fruto muito frágil, machuca-se com facilidade e a casca escurece rapidamente quando danificada, portanto deve-se escolher os frutos com cuidado, evitando de ferí-los.

Podemos encontrá-lo já descascado, cortado em cubos e embalado com filmes de plástico, ao natural ou pré cozidos em mercados e locais de grande acesso público.

Sabor suave da América Central
O chuchu é uma hortaliça fruto, originário da América Central e ilhas vizinhas. Já era conhecido na antiguidade pelos astecas e tinha grande destaque entre as demais hortaliças cultivadas na época. Atualmente, está entre as dez hortaliças mais consumidas no Brasil. É uma hortaliça de sabor suave, fácil digestibilidade, rica em fibras e pobre em calorias. Destaca-se como fonte de potássio e fornece vitaminas A e C. O chuchu é uma Cucurbitácea, assim como o pepino, as abóboras, o melão e a melancia.

COMO COMPRAR
Há uma grande diversidade de frutos quanto à forma, tamanho e cor. Os frutos podem ser arredondados ou terem a forma de pêra. A casca pode ser lisa ou com espinhos, com a cor variando de branco a verde bem escuro. No mercado há preferência pelos frutos de casca verde-clara, sem espinhos, com tamanho de 12 a 18 cm de comprimento (fruto graúdo) e 7 a 10 cm (fruto miúdo). Frutos passados apresentam a casca sem brilho e amarelada e com a ponta mais larga começando a se abrir. O chuchu é um fruto muito sensível, que se machuca com facilidade e a casca escurece rapidamente quando danificada. Portanto, escolha os frutos com cuidado, evitando causar ferimentos.

O chuchu também pode ser encontrado na forma minimamente processada, ou seja, já descascado, cortado em cubos e embalado com filmes de plástico. Certifique-se de que esse produto esteja exposto em gôndolas refrigeradas para garantir a sua adequada conservação, pois quando mantido em condição ambiente, estraga-se rapidamente. Os melhores preços de chuchu ocorrem entre os meses de junho a outubro. COMO CONSERVAR

Os frutos podem ser mantidos em condição ambiente, por 3 a 5 dias depois de colhidos, a partir de quando começam a murchar. Podem ser conservados por maior tempo, 6 a 8 dias, na parte de baixo da geladeira, embalados em saco de plástico. O produto já descascado e picado conserva-se por até 3 dias após seu preparo, desde que mantido embalado em vasilha tampada ou em saco de plástico, na gaveta inferior da geladeira.

COMO CONSUMIR
Os frutos não são consumidos crus. Devem ser cozidos e podem ser servidos na forma de refogados, cremes, sopas, suflês, bolo, ou salada fria. Para consumo como refogado ou salada, prefira os frutos mais novos, menores e com casca brilhante. Quando os frutos estão maduros, com a parte de baixo se abrindo, são excelentes para a elaboração de suflês, pois são mais consistentes e têm mais fibra. A casca pode ser removida antes ou após o cozimento. Quando os frutos estão bem novos podem ser consumidos com casca e miolo. DICAS

Também podem ser consumidas as folhas, brotos e raízes da planta. Os brotos refogados são ricos em vitaminas B, C e sais minerais como cálcio, fósforo e ferro.

Corte e descasque os frutos crus sob água corrente pois estes têm uma liga que gruda nas mãos.

Propriedades do Chuchu
O chuchu é uma hortaliça fruto, originário da América Central e ilhas vizinhas. Já era conhecido na antiguidade pelos astecas e tinha grande destaque entre as demais hortaliças cultivadas na época.

Atualmente, está entre as dez hortaliças mais consumidas no Brasil. É uma hortaliça de sabor suave, fácil digestão, rica em fibras e pobre em calorias. Destaca-se como fonte de potássio e fornece vitaminas A e C.

O chuchu é uma Cucurbitácea, assim como o pepino, as abóboras, o melão e a melancia.

O chuchu tem quantidades consideráveis de Niacina, uma das vitaminas do Complexo B, que promove o crescimento, contribui para a saúde da pele e estimula o apetite.

Esta hortaliça contém ainda pequenas quantidades de Cálcio e Fósforo, que contribuem para a formação dos ossos e dentes e evitam a fadiga mental.

O chuchu está bom para compra quando apresenta cor verde-claro, encontra-se firme e sem marcas escuras ou picadas de insetos. Nesse estado, pode ser conservado em geladeira de 2 a 3 semanas.

Ele pode ser preparado sob a forma de saladas, refogados, suflês ou para dar consistência cremosa em recheios.

Seu período de safra é de março a junho e outubro.

Benefícios
Representa importante fonte de minerais como ferro, magnésio, potássio, fósforo e cálcio
Possui alto teor de fibras
Ainda que muitos o considerem como um legume, o chuchu é o fruto de uma trepadeira da família das curcubitáceas, originária do México e da América Central. Ele é um dos alimentos mais comuns na mesa dos brasileiros, embora seu sabor não seja dos mais marcantes. Mas talvez seja esse o seu principal atrativo, pois ele absorve com muita facilidade o gosto de outros alimentos e, por conseguinte, raramente é preparado sozinho.

O chuchu acompanha os refogados de cenoura e batata, entra como ingrediente de maioneses e cozidos, e é muito apreciado em associação com o camarão.

Entretanto, as propriedades do chuchu não devem ser desprezadas. Ele é rico em fibras, o que faz com que desempenhe um importante papel no funcionamento dos intestinos, e é uma fonte significativa de ferro, magnésio, potássio, fósforo e cálcio. Em menor proporção, o chuchu possui uma pequena quantidade de vitaminas do complexo B e um pequeno teor de vitamina C.

Se for cozido sem sal, o chuchu é recomendado para o tratamento da pressão arterial alta e tem efeitos diuréticos. Os brotos da planta refogados auxiliam no combate à carência das vitaminas C e do complexo B.

Propriedades Nutricionais
O chuchu contém principalmente niacina, que é uma vitamina do complexo B. Apresenta ainda pequenas quantidades dos minerais cálcio e fósforo.

Valor Calórico
100 gramas de chuchu cozido fornecem 31 calorias.

Propriedades Medicinais
Este alimento é muito importante, principalmente, na alimentação dos bebês, pois estes precisam de quantidades maiores de minerais e niacina para o seu desenvolvimento e fortalecimento. Além disso, o chuchu também ajuda a promover o crescimento, contribui para a saúde da pele e estimula o apetite.

Propriedades do Chuchu
O chuchu é uma hortaliça fruto, originário da América Central e ilhas vizinhas. Já era conhecido na antiguidade pelos astecas e tinha grande destaque entre as demais hortaliças cultivadas na época.

Atualmente, está entre as dez hortaliças mais consumidas no Brasil. É uma hortaliça de sabor suave, fácil digestão, rica em fibras e pobre em calorias. Destaca-se como fonte de potássio e fornece vitaminas A e C.

O chuchu é uma Cucurbitácea, assim como o pepino, as abóboras, o melão e a melancia.
Ainda que muitos o considerem como um legume, o chuchu é o fruto de uma trepadeira originária do México e da América Central. É um dos alimentos mais comuns na mesa dos brasileiros, embora seu sabor não seja dos mais marcantes.

Mas talvez este seja o seu principal atrativo, pois ele absorve com muita facilidade o gosto de outros alimentos e, por conseguinte, raramente é preparado sozinho.

O chuchu acompanha refogados de cenoura e batata, entra como ingrediente de maioneses e cozidos, e é muito apreciado em associção com camarão. Rico em fibras, é uma fonte significativa de ferro, magnésio, potássio, fósforo e cálcio. Em menor porção, o chuchu possui uma pequena quantidade de vitaminas do complexo B e um pequeno teor de vitamina C.

Topo        Voltar

Fonte: www.vitaminasecia.hpg.ig.com.br
 

Última atualização ( Sáb, 10 de Julho de 2010 01:04 )  

Adicionar comentário

BoldItalicUnderlineStrikethroughSubscriptSuperscriptEmailImageHyperlinkOrdered listUnordered listQuoteCodeHyperlink to the Article by its id
 Muito Feliz Sorriso Wink Sad  Surpreso  Chocado Confused Cool Laughing Mad Razz Embaraçados choro ou muito triste Evil ou Muito Louca Twisted Evil Rolling Eyes exclamação Pergunta Idea Arrow Neutro Sr. Verde Geek Uber Geek
Seu apelido/nome:
Assunto:
Comentário:
Share on Myspace